Guia da Iluminação para imóvel alugado

 

Se você, inquilino, encontrou esse post, é porque precisa saber como é possível ter uma iluminação que não pareça provisória em um imóvel que não será seu permanentemente. Além disso, uma iluminação precária pode prejudicar a sua saúde, por isso, ter a iluminação correta é mais importante do que você imagina! Então vem com a gente, falaremos destes problemas e te daremos soluções definitivas para eles. 

A Realidade

Morar em uma casa ou apartamento alugado é uma realidade comum hoje. Muitos preferem a flexibilidade que um imóvel alugado proporciona, como por exemplo, não ficar presos anos a um financiamento, ou ter a possibilidade de morar perto do trabalho e assim não perder horas no trânsito. Se você pensou desta forma é porque se importa com sua qualidade de vida.

E até aqui, tudo bem, esta escolha tem suas vantagens e cada um sabe “onde aperta o calo”. Mas a questão é que todos querem e precisam de um lugar para chamar de seu (se você paga aluguel pode chamar de seu), com uma iluminação saudável, que reflita sua personalidade ou que conte sua história e aventuras vividas. 

Isso inclui uma decoração que fale sobre você: pode procurar souvenirs que comprou em viagens e mostrá-los em alguma estante ou mesa lateral, pendurar na parede chapéus de praia, ou se comprou uma bolsa de tecido com uma estampa que amou, pode colocar enchimento e decorar como almofada! Afinal, elas são itens fáceis de carregar em mudanças e ajudam a deixar a casa mais aconchegante. Outra ideia prática, bonita e acessivel, pode ser o uso de adesivos de parede. Casas alugadas costumam ter paredes brancas, apenas. Então, depois de escolher uma parede, eleja um padrão que combine com os móveis e acessórios que já tem e mãos a obra, estilo “faça você mesmo”. Quando tiver que sair da casa bastá retirá-lo e voilá!, a parede estará intacta! Inclusive, alguns adesivos são à prova d’água, e podem até ser aplicados em áreas como, box e cozinha. Esses modelos além de decorar ainda te ajudam a economizar.

Podem parecer detalhes pequenos, mas o resultado disso é muito importante para o nosso bem estar físico, mental e psicológico: saber que temos um refúgio para onde correr em busca de descanso e paz.

Mas quando o imóvel é alugado existem algumas restrições contratuais que os inquilinos devem respeitar, como mexer na parte estrutural, por exemplo. O que influencia diretamente na iluminação, que na maioria das vezes requer furos, aberturas maiores ou menores na parede e no teto.

Então, além de bonita, é preciso iluminar de maneira correta, prática (para futuras mudanças), e acessível, afinal, ninguém pretende investir em um produto caríssimo, ou extremamente frágil que vai demandar esforço extra em futuros deslocamentos e ainda correr o risco de danificá-lo!

Mas antes de falar das muitas opções de produtos lindos, práticos e acessíveis que você pode levar a cada mudança, é preciso relembrar alguns deveres em um contrato de aluguel e explicar porque a iluminação da sua casa requer atenção e cuidados. Foram baseadas nessas questões que escolhemos com carinho as peças que mostraremos mais abaixo.

A Lei 8.245

Conhecida como Lei do Inquilinato, ela dispõe sobre direitos e deveres dos envolvidos em um contrato de aluguel. Ela diz:

 

ART. 22. O locador é obrigado a:

I. Entregar ao locatário o imóvel alugado em estado de servir ao uso a que se destina;

IV. Responder pelos vícios ou defeitos anteriores à locação;

 

Na prática, isso quer dizer que você, inquilino, tem o direito de encontrar o imóvel em perfeitas condições de uso, com todas as tomadas funcionando, fiações adequadas e deve comunicar imediatamente o proprietário sobre qualquer defeito deste tipo para que ele o conserte, pois são defeitos que antecedem sua locação. Quanto a você, inquilino, faz parte de suas atribuições:

 

ART. 23. O locatário é obrigado a: 

III – Restituir o imóvel, finda a locação, no estado em que o recebeu, salvo as deteriorações decorrentes do seu uso normal,

V – Realizar a imediata reparação dos danos verificados no imóvel, ou nas instalações, provocadas por si, seus dependentes, familiares, visitantes ou prepostos.

 

Isso quer dizer que se você, ou qualquer pessoa que esteja sob sua responsabilidade dentro do imóvel, fizer alguma alteração ou interferência nele, proposital ou não; no final do contrato, deve desfazê-la e entregar a propriedade ao dono como estava antes de sua entrada. 

Então, com certeza, você não vai querer fazer grandes alterações para, no final, ter grandes dores de cabeça, não é verdade? Mas isto não é tudo. Além de respeitar tais leis, você precisa respeitar sua saúde e a iluminação apropriada vai influenciar nela.

A Saúde

Outra questão séria, caso sua iluminação seja mal escolhida, ou com a famosa gambiarra, é que ela pode afetar a sua concentração, humor, visão, qualidade do sono e até gerar problemas de pele a longo prazo.

Sobre a visão, o oftalmologista Juscelino de Oliveira, do ICB Oftalmologia explica que nossa pupila dilata e contrai de acordo com a luz ao redor. Se ela é muito estimulada, por causa do excesso de iluminação, isso gera desconforto aos olhos por estar fazendo grande esforço para que a pupila se feche. (Correio Braziliense, 11/01/2011)

Esse desconforto pode gerar dores nos olhos, dores de cabeça e lacrimações. Para evitar isso, deve-se levar em conta que cada cômodo tem uma função específica na nossa vida e a iluminação deve variar de acordo com ela. Mais abaixo falaremos das mais importantes.

Sobre a questão da pele, a dermatologista Luciana Kalache diz que a exposição à grande luminosidade aumenta o desenvolvimento de manchas na pele e acelera o seu envelhecimento. E assim como o sol, o excesso de luz artificial sobre a pele também pode causar manchas e até queimaduras. (Derma Club, 23/05/2019).

Por isso, a luz ideal para cada ambiente é muito importante. É preciso equilíbrio. Se você tem dúvidas sobre este tema, temos um post que explica as diferenças entre luz fria, quente e em quais cômodos usá-las. Clicando aqui você acessa esse post.

As Soluções

Agora sim passaremos para a parte prática: se você quiser evitar furar a parede ou alterar a abertura da fiação no teto, use lustres que não sejam muito pesados, que te ajudem a não mostrar a fiação e que ao mesmo tempo cumpram as funções mais importantes da iluminação. São elas:

 

  • Iluminação Geral: como o nome diz, seu objetivo é iluminar o ambiente por inteiro. Pode ser dividida entre Direta, cuja luz é direcionada para o ambiente, ou Indireta, onde a peça usa o teto ou a parede como rebatedores. Os plafons são exemplos muito bons de produtos bonitos, acessíveis e práticos de instalar. Possuem um design clean e por isso combinam com todo tipo de decoração. São mais leves que muitos lustres, menores e alguns modelos são tão elegantes e requintados que ninguém vai pensar que você instalou um plafon pensando só na praticidade dele! Existem modelos mais básicos, que podem até passar despercebidos na decoração, apenas servindo como iluminação mesmo, mas existem outros modelos que podem ser a estrela do seu ambiente! Existem plafons de cristal, plafons que tem um lindo efeito de céu estrelado, e até plafons com LED RGB e música!

plafons modernos para casa alugada Plafons de cristal para casa alugada

Modelos de plafons que são perfeitos para iluminação de apartamentos e casas alugadas. São práticos, acessiveis e cheios de estilo.

 

  • Iluminação de Destaque: é aquela que pretende destacar algum ponto específico do ambiente ou da decoração, como uma parede trabalhada, quadros, souvenirs que citamos no inicio do post, ou até a fachada, na área externa da casa. As fitas de Led são uma ótima opção para este tipo de iluminação…São fáceis de instalar e desinstalar e acessíveis em relação a custo x benefício. Apenas certifique-se de saber qual modelo você quer e aonde quer instalá-la, pois existem vários tipos que podem te confundir. Se gostou dessa opção, clique aqui e leia nosso post completo sobre as diferentes fitas de LED para não errar na sua compra

.quarto com cabeceira iluminada led armário de cozinha com fita de led

As fitas de LED são ótimos truques para a iluminação de texturas e áreas que queremos destacar.

 

Outro tipo de peça interessante, para quem gosta da decoração estilo Industrial, são os trilhos de iluminação. Eles são uma escolha certeira por vários motivos, anota aí:

  1.  São leves, fáceis de transportar e instalar.
  2. Você pode conectar vários trilhos a uma única fonte de energia, para isso basta utilizar os  conectores de emenda, que perrmitem a instalação de várias formas.
  3. Os trilhos são tão versáteis, que permitem até a instalaçao de pendentes neles! Basta utilizar um simples adaptador para isso.

ambiente integrado com iluminação led Pendentes econômicos para casa alugada

 

sala decorada com trilho eletrificado loft com decoração industrial

modelos de trilhos eletrificados sala minimalista com iluminação de trilho de luz

Os trilhos são opções adaptáveis para qualquer imóvel alugado e ainda dão um efeito moderno e industrial ao espaço.

O preço também é uma grande vantagem! Você encontra opções a partir de R$24,00

 

 

  • Iluminação de Tarefa: como o nome já diz, seu objetivo é ajudar na execução de alguma tarefa: cozinhar, ler, maquiar-se e, para quem trabalha em home office, este é o tipo ideal para iluminar a bancada de trabalho. Nesta categoria, estão os abajures e luminárias de piso. Temos as de mesa como a retrô, alguns modelos super práticos e versáteis de arandelas e algumas são até ligadas diretamente na tomada.

quarto moderno com abajures com cúpula de vidro home office minimalista com arandela

Para não precisar fazer muitas alterações em um imóvel alugado, luminárias e arandelas são soluções simples e elegantes para iluminação.

Os pendentes também estão nesta lista, como por exemplo a linha Grape, Linha Tati, e os pendentes Tubo, que são modelos enxutos e super práticos.  Além disso você pode optar por pendentes coloridos como os tipo soquetes que tem um “ar” retrô ou industrial e como possuem diversas cores você pode combiná-los com as cores de sua decoração.

modelos variados de pendentes econômicos pendente de madeira filetada

ambiente com pendente amarelo Pendentes coloridos

Opções charmosas e originais para iluminar um imóvel provisório, gastando pouco e otimizando a mudança.

 

  • Iluminação de Orientação: vai orientar o caminho, ou seja, é apropriada para corredores, escadas e corrimões. Além das fitas de LED, que podem exercer essa função, temos vários modelos de arandelas, e balizadores. Estes modelos, além de iluminar, deixam estes espaços (que não costumam ser valorizados na decoração) mais intimistas e charmosos. E como não são peças grandes, fica fácil acomodá-los em mudanças.

arandela medieval sala com sofá amarelo e arandelas decorativas

homem instalando fita de led na escada Arandelas e fitas de LED são exemplos perfeitos de itens que iluminam o caminho em casas alugadas. Podem ser retirados e reinstalados com facilidade.

 

 

 

 

 

 

Todas as opções acima, que não são as únicas que temos, estão no nosso site www.starlumen.com.br , então corre lá para conferir mais opções!

Estes 4 tipos de iluminação que destacamos ao longo do post são muito importantes para a saúde dos olhos e também são opções econômicas e práticas para tornar sua casa um lar original, com sua personalidade. No final do dia, você vai ver que estas soluções tornarão mais prazeirosa sua chegada em casa porque ela não terá aquele aspecto de “me mudei ontem” ou “me mudo daqui amanhã”! Ela não precisa e nem deve ser assim.

Enfim, morar de aluguel tem os seus desafios, e uma boa iluminação pode ser um deles, mas, com informações necessárias e uma ampla variedade de produtos, você pode ter sua casa dos sonhos…a cada mudança que fizer!

Queremos saber sua opinião, e se você tem alguma dúvida, vamos amar respondê-las!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.